terça-feira, 13 de março de 2018

As esculturas de cerâmica ultrarrealistas de Christopher David White







SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO!!! 






A traição da imagem...
















PARECEM DE MADEIRA, MAS SÃO AS CERÂMICAS 

SURREAIS DE CHRISTOPHER DAVID WHITE.














O escultor Christopher David White é um artista americano que vive e trabalha da Virginia. Reconhecido por suas cerâmicas fantásticas, ele começou sua carreira artística através do desenho e pintura.







Em 2008, Christopher começou trabalhar com argila e recebeu seu Bacharelado em Belas Artes em Cerâmica pela Universidade de Indiana em 2012. 






Christopher David White consegue dar uma textura de madeira ultrarrealista e orgânica às suas cerâmicas. 











Aqui estão algumas das impressionantes esculturas que foram exibidas na galeria Abmeyer + Wood em uma exposição individual intitulada HUMAN: NATURE.







































Surrealismo
 

O Surrealismo foi uma das vanguardas artísticas europeias que surgiu em Paris no início do século XX.

Esse movimento artístico originou-se em reação ao racionalismo e ao materialismo da sociedade ocidental.


A arte surrealista não se restringiu às artes plásticas, de modo que também influenciou outras manifestações artísticas: a escultura, a literatura, o teatro e o cinema.














Principais Características


O surrealismo propõe a valorização da fantasia, da loucura e a utilização da reação automática. Nessa perspectiva, o artista deve deixar-se levar pelo impulso, registrando tudo o que lhe vier à mente, sem se preocupar com a lógica.

Note que o maior objetivo dos artistas surrealistas foi usar o potencial do subconsciente como fonte de imagens fantásticas e de sonhos.

Assim, a arte plástica e a literatura eram vistas como um meio de expressar a fusão dos sonhos e da realidade em um tipo de realidade absoluta, uma "surrealidade".












































Origem do Surrealismo

Na Europa, o período entre as duas guerras (1918-1939) ficou conhecido como "os anos loucos". Assim, a incerteza sobre a predominância da paz levou ao desejo de "viver apenas o presente".

Foi nesse período de insatisfação, desequilíbrio e contradições, que surgiram diversos movimentos artísticos voltados para uma nova interpretação e expressão da realidade.

Esses movimentos ficaram conhecidos como "vanguardas europeias". O Surrealismo teve como precedentes indispensáveis, o Futurismo, o Cubismo e o Dadaismo.



















































































































































































































































quinta-feira, 13 de abril de 2017

Fenômenos da natureza








Fenômenos da natureza 








Crown Shyness, ou Coroa Tímida, em português, é um fenômeno natural que ocorre com algumas espécies arbóreas, onde as coroas das árvores não se tocam, deixando uma espécie de lacuna entre elas.















































Observado pela primeira vez em 1920, até hoje os cientistas não descobriram o motivo do fenômeno, que pode ser visto apenas em alguns lugares do mundo. Uma das teorias para que as árvores vizinhas e da mesma altura mantenham este espaço entre si é a quebra de galhos durante tempestades e ventos fortes.







































Há ainda cientistas que creditam o fato a uma medida preventiva contra a falta de luz, para permitir que a fotossíntese continue acontecendo, e os que sugerem que o fenômeno é uma espécie de proteção contra larvas de insetos que destroem as folhas. Independente da causa, o resultado é esse fenômeno incrível que mais parece um verdadeiro bordado no céu, confira:



















































Poemeto de Amor ao Próximo por Elisa Lucinda













Elisa Lucinda é uma poeta, jornalista, cantora e atriz brasileira. A artista foi premiada com o Troféu Raça Negra 2010 em sua oitava edição, na categoria Teatro. Também foi premiada no cinema pelo filme A última Estação, de Marcio Curi, no qual protagoniza o personagem Cissa. A estreia do filme foi no Festival de Brasília de 2012.
































Além de conhecida pelos seus inúmeros espetáculos e recitais em empresas, teatros e escolas de todo o Brasil, Lucinda é admirada pela marca inconfundível de seu trabalho como atriz de telenovelas na Rede Globo, como Mulheres Apaixonadas, Páginas da Vida, Insensato Coração e Aquele Beijo, essa última no começo de 2012.








sexta-feira, 7 de abril de 2017

Triz - Lenine e Grupo Corpo















Triz - Lenine e Grupo Corpo - Espetáculo de 2013





E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música. 


Friedrich Nietzsche











































A dança? Não é movimento
súbito gesto musical
É concentração,num momento,
da humana graça natural





















A dança  - não vento nos ramos
seiva,força,perene estar
um estar entre céu e chão,
novo domínio conquistado,
onde busque nossa paixão

libertar-se por todo lado...



















Onde a alma possa descrever
suas mais divinas parábolas
sem fugir a forma do ser
por sobre o mistério das fábulas




Carlos Drummond de Andrade













 












































Quem não ouve a melodia acha maluco quem dança.




Oswaldo Montenegro















Confira a entrevista de Lenine, criador da trilha sonora do espetáculo Triz do Grupo Corpo














































domingo, 5 de março de 2017

CAETANO VELOSO PARA INGLÊS VER E CANTAR






































SOZINHO - SO LONELY




 













































IT'S A LONG WAY     -   ( Caetano Veloso)



Olivia Broadfield






























IT'S A LONG WAY    -    ( Caetano Veloso )



Olivia Broadfield



Woke up this morning
Singing an old Beatles song
We're not that strong my lord
You know we ain't that strong
I hear my voice among the others
Through the break of day

Hey brothers
Say brothers
It's a long, long, long... way
It's a long, long, long... way
It's a long and winding road (it's a long way)
It's a long and winding road (it's a long way)































THE  EMPTY BOAT 






Teho Teardo and Blixa Bargeld 






















































The Empty Boat   (Caetano Veloso)





From the stern to the bow
Oh; my boat is empty
Yes, my heart is empty
From the hole to the how

From the rudder to the sail
Oh my boat is empty
Yes, my hand is empty
From the wrist to the nail

From the ocean to the bay
Oh, the sand is clean
Oh, my mind is clean
From the night to the day

From the stern to the bow
Oh, my boat is empty
Oh, my head is empty
From the nape to the brow

From the east to the west
Oh, the stream is long
Yes, my dream is wrong

From the birth to the death



















































Cibelle and Devendra Benhart  -  London London 



























LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...