quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Bertolt Brecht - OS QUE LUTAM (Gestus)


Gestus - Poemas de Brecht gravados pela Cia. do Porão (Núcleo 33 de teatro da Fundação das Artes de São Caetano do Sul) para apresentação do espetáculo A Padaria. Pedro Alcântara



CONVERSANDO COM VOCÊS - Governo de Minas - Arrogância e Indiferença ( A Lábia herdada desde Cabral )



O governo de Minas Gerais, representado por ANASTASIA, é pura arrogância e farsa. Ele e seus asseclas sentem-se o suprassumo da superioridade e ignoram a Constituição Brasileira, rasgam a Constituição quando diante dos direitos dos trabalhadores se negam à negociações honestas, justas e democráticas com os sindicatos e trabalhadores que os elegeram. Saúde, Educação e Segurança pública em Minas Gerais é precária, embora rádios e emissoras do governo insistam em divulgar mentiras elogiosas acerca da atuação de Anastasia. Tudo é embuste, tudo é maquiagem. Anastasia  é frio, indiferente e ditador. Na recente manifestação dos professores, que lutam desde sempre contra a injustiça imposta contra os educadores mineiros, carros do governo, policiais suspeitos vigiaram e perseguiram os sindicalistas que lutam junto aos trabalhadores de forma constitucional. Coação, vigilância, repressão, ameaças... Ditadura disfarçada em Minas Gerais existe desde o governo de Aécio Neves e se reafirma na continuidade do governo atual. BRASIL, fique de olho nesse nome, nesse governo que controla e usa rádios e emissoras para distorcer e maquiar verdades dolorosas! Ele quer a presidência e tem o dom da lábia política herdada desde Cabral. Atentos ao que se passa em Minas, Brasil!!! 

"O Analfabeto Político" - Bertolt Brecht

BRECHT (Depois de ler Maiakovski) - Interpretação do saudoso ator Rubens Correa.




Texto de Bertold Brecht inspirado em Maiakovski, poeta Russo "suicidado" após a revolução de Lenin.
ERRATA: o ator que aparece no vídeo é o saudoso RUBENS CORREA, confira na foto abaixo:


História Através da Música - Canções populares revelam a História do Brasil, estimulam debates sobre a atualidade das letras )



Apresentação do Grupo História Através da Música no Centro Cultural Justiça Federal no Rio de Janeiro, entre abril e maio de 2011. O tema da apresentação: República .

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Planetas vistos de um horizonte como se estivessem na mesma distância da lua.( Proporção de tamanho e distância )

video

Sistina Chapel - Capela Sistina - Visite-a sem sair do seu computador.





O Vaticano criou uma versão digital da famosa Capela Sistina, que expõe a obra mestre de Michelangelo. Se não teve a oportunidade de vê-la ao vivo, agora poderá fazer um tour virtual à capela a partir da tela de seu PC com este super-panorama de alta definição. Trata-se de uma das maiores e belas obras de arte do mundo, e agora ao menos podemos apreciá-la melhor do que nas páginas dos livros.
Ao entrar na capela movimente a setinha do mouse pois haverá abaixo, à esquerda, um ícone de positivo ( + ) e negativo ( - )  para ampliar os detalhes do monumental afresco de Michelangelo. 
O endereço para fazer uma visita à capela:


Link to Sistine Chapel

http://www.vatican.va/various/cappelle/sistina_vr/index.html

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

O Som do Cais








Tanto se fez
com a beleza de um dia...
Outono em primavera
virando verão...
Viril amor varou o tempo
feriu  a voz
- Nós!

Do beijo de Klimt
Rodin ou Munch
Eros e Psique: 
de tudo se fez!

Todo mito, tudo muito:
tanta tinta, tanta tela
e o limite sem data
das nossas manhãs...

Tudo tão musical:
dias, canções e jazz.
Bardos, barcos,  
fardos e orações...

Abraços, laços e cansaços...
A poesia do nosso tempo:
muitos anos, talvez mais...
Tanto faz, tudo jaz!

Mas onde começou,
ali, naquele mesmo tempo,
o amor ainda se a.guarda:
palimpsesto na pele
gesto...

E quanto ao resto, tanto faz!
Se há tantos ais, tanto tantos
e no entanto a voz que é sua
vem do mar de uma memória
ecos do futuro...

Ouço blues - Billie Holiday...
Tanto jazz nessa estrada,
tanto som e tanto cais,
poucos barcos, mil partidas.

Tanto jaz , tanto se desfaz...
Já não importa mais
se só tenho o som do cais.

- E a vida é mesmo a esmo, cheia de som e fúria!!



Torres Matrice

27/09/2011

Cinzeiro







Cinzeiro do tempo
ponteiros marcantes:
rascantes tiques e espasmos
- um estertor vital
da tarde breve
quase pó.


O cigarro do dia quente
esfuma sombra e gesto
a brasa das horas
na forja de um pensamento
fugaz - Jaz


Jazem tragadas
Jazz e  febre


Sentinela do olho
- o medo - 
no cinzeiro do esperado
onde o assombro e as sobras
entardecem o dia
- esfuminho -
como quando
à sombra da idade findada
fecham-se os olhos poentes
num véu de fumaça e saudade.





Torres Matrice

RIO DE JANEIRO- BRASIL - Lançamento da Marca Rio 2016





Marca oficial dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

É chegada a hora da reeducação de alguém: do pai, do filho, do neto e da igreja. A Idade Média há muito perdura por aqui. Eu vejo o futuro repetir o passado, eu vejo um museu de grandes novidades.





Sobre a mentalidade, o reconhecimento do valor da mulher e da educação no Brasil: detalhes falam por si e por nós. A pergunta que não quer se calar: "que país é este?"


Boate Azul - A partir de 5 ( cinco cervejas ) grátis uma mulher????
Além de ser considerada como produto de consumo e isca para "trogloditas", a mulher não é vista nem sequer como "produto" principal, é apenas um "brinde". Até quando essa visão perversa e primitiva irá permear nossa cultura? Latinos do terceiro mundo, machistas e ignorantes: até quando seremos assim?!

Série "Feito por mim" - XVI - Paula Toller - Tudo Se Perdeu - Torres Matrice

Ilustrando Ideias ( para desenhar os pensamentos )







Até parece que foi ontem - Para refletir sobre o tempo


video

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

SUPERHEAVY - Super legal! Mick Jagger, Joss Stone, Marley



Dando Uma Banda de Leve




Superheavy é o super grupo formado por Mick Jagger, Joss Stone, Damian Marley, Dave Stewart (ex-Eurythmics) e A. R. Rahman (compositor indiano responsável pela trilha sonora pop-indiana do filme de Danny Boyle, ‘Quem quer ser um milionário’ – ‘Slumdog milionaire’ em inglês).

Esse time é acrescido de Shiah Coore no baixo, Courtney Diedrick na bateria (ambos tocam com Marley) e a violinista de rock Ann Marie Calhoun. Nessa mega banda que é o ponto alto dos grupos com vários vocalistas.

Pode-se dizer que a idéia nasceu de Stewart, logo após gravar a trilha sonora de ‘Alfie’, com Mick Jagger – que também continha participação de Joss Stone. Os dois resolveram produzir um som com múltiplos estilos musicais e convidaram, além de Stone, Marley representando o som jamaicano, e Rhaman para acrescentar o tempero indiano.

Cantar nesse projeto deve ser um alívio para o eterno frontman dos ‘Rolling Stones’, Jagger, que finalmente pode relaxar e simplesmente participar de uma banda como um mero integrante.

Num dos grandes lançamentos do ano, o álbum tem um pouco de tudo, reggae no primeiro single e ritmos indianos como no segundo compacto, ‘Satyameva jayathe’.

Tem também a prima distante de ‘Start me up’, ‘Energy’, com a gaita característica de Jagger (que até parece um sample da canção dos ‘Stones’). Outra que lembra as composições de Jagger para sua outra banda mais famosa – ‘Never gonna change’, que lembra ‘Angie’.

Quem sempre imaginou como seria o disco de reggae que a Joss Stone prometeu e nunca gravou? Pode até curtir uma palhinha do que será ouvir a moçoila cantando reggae em ‘Miracle worker’ e ‘Beautiful people’.

A balada sentimental ‘I don’t mind’ tem o belo dueto de Jagger com Joss Stone e toma um rumo inesperado com a entrada do vocal reggaeado de Damian Marley.

O disco teria encerrado com a épica ‘World keeps turning’ não fosse a edição de luxo, que conta com mais quatro faixas que permeiam entre a cultura indiana, jamaicana, inglesa e norte-americana.

Não há como definir ou rotular este lançamento, que pode facilmente figurar nas listas de world music, reggae, rock ou soul.

Fonte 


Uma canção vira poesia, uma poesia vira canção que vira imagem e de repente é um filme da vida da gente.

video

domingo, 18 de setembro de 2011

ESCÂNDALO - Silenciando deputados em audiência pública - Depoimento da professora Amanda Gurgel 3

video




Fantástico! Estou comovido e envergonhado, pois tudo isso fala muito do que seja o Brasil. A pergunta que não pode se calar: que país é este? Como seria o mundo se não houvesse educação? De onde viria o progresso? De onde sairiam o médicos, advogados, jornalistas, técnicos de toda ordem, químicos, cientistas etc? A quem interessa a miséria da educação???

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Tulipa Ruiz - Black is beautiful ao vivo som brasil especial marcos valle ...

Elis Regina - Black is beautiful ( Marcos Valle ) - Torres Matrice




Minha manifestação artística como homenagem ao povo brasileiro, à Elis Regina e como protesto contra o RACISMO. Para refletir e repensar nossas atitudes. Meu respeito e minha admiração ao povo negro que é base fundadora da minha identidade, da minha cultura, do meu país e das minhas origens. À história e à epopeia de dor, beleza, de resistência e superação da mais linda raça deste planeta. Black is beautiful ( Marcos Valle ) é maravilhosa na voz da eterna Elis Regina. Um beijo a todas as nações africanas e afrodescendentes!!

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Leila Maria - Miss Universo ( Angola )






MEU MAIS INDIGNADO PROTESTO CONTRA O RACISMO!!!

Não consigo compreender o racismo, não consigo entender um ser humano que julga o outro pela aparência, pela pele, pela sua orientação sexual, pela sua situação sócio-econômica ou pela idade. Não consigo enxergar a lógica. Estamos em que século afinal? Quem realmente é digno de ser chamado de humano? Será que alguém consegue explicar o racismo com um mínimo de lógica possível??? 
Estou indignado com seres que se dizem "humanos" e se comportam como imbecis criticando Leila Lopes, miss universo, merecidamente. Uma mulher maravilhosa, encantadora, inteligente, delicada, elegante, belíssima, hábil nas palavras e no raciocínio, simples, carismática e tão comovente.  
Este vídeo está aqui como uma forma de protesto contra os nazistas e outras subespécies do gênero!!!
Abaixo todo e qualquer tipo de preconceito. 





Angolana sofre racismo

Após vencer o Miss Universo na segunda-feira (12), a angolana Leila Lopes passou a receber ofensas racistas na internet pelo fato de ser negra. Mensagens em português e em inglês postadas num site internacional que se define nacionalista branco e possui adeptos do ditador nazista Adolf Hitler compararam a ganhadora do título de mais bela do mundo a uma “macaca”. A brasileira Priscila Machado, 25 anos, que ficou em terceiro lugar, também sofreu insultos, sendo chamada de “crocodilo”.

Prêmio Sucksdorff 

sábado, 3 de setembro de 2011

A Traição das Imagens - Isto não é um cachimbo - Obra de René Magritte








René Magritte pintou o quadro “A Traição das Imagens – Isto Não é Um Cachimbo” – O que ele pôs em questão, além de outras possíveis, é o contraste entre coisas e signos na vida cotidiana. Vivemos no mundo da linguagem e o tempo todo esbarramos com signos verbais e não verbais que nos induzem a pensar naquilo que eles representam e nos reportam ao mundo real ou subjetivo. A partir daí a arte nos provoca reações e reflexões infindas de natureza filosófica, lingüística, antropológica, científica, artística, religiosa etc. É o mundo fabuloso das linguagens!




Um desenho, uma pintura, uma foto de um ser ou objeto são apenas representações dos mesmos, são signos gráficos, pictóricos ou imagéticos que nos remetem a uma realidade que foi reproduzida de forma simbólica. São formas que nos remetem a algum elemento do mundo exterior à linguagem, elementos do mundo objetivo e que, assim como as palavras, podem representar, indicar, apontar, sugerir o mundo real e tudo que nele houver. Signos verbais ( palavras ) ou signos não verbais ( desenhos, pinturas, cores, representações gráficas etc ) podem representar de forma criativa, artística, um determinado universo, conceito, objetos, seres etc.


A palavra cachimbo não é o próprio cachimbo é a representação gráfica, escrita, daquilo que no mundo extralingüístico realmente seja o objeto cachimbo. O objeto é a coisa em si; o desenho, a foto, a pintura, a palavra são apenas simulações e representações de um referencial, de um objeto. De fato, o desenho ou a foto de um cachimbo não são o próprio cachimbo, não podem ser fumados. Uma pessoa não pode fumar a pintura, o desenho, a palavra ou a foto porque aquilo é apenas um signo da coisa real. É uma “ilusão” sugerida pela eficiência da linguagem que se usa de que aquilo que se vê representado é a coisa, mas não é. Um é a realidade e o outro é a representação dessa realidade. Os artistas se valem desse recurso fazendo com que o apreciador reaja diante dessa representação e levante questionamentos, ideias, sensações, associações sobre aquilo que é representado, sobre o que é de fato real e o que é fantasia e, indo mais além, sobre a própria ordenação do real. Espera-se que o observador faça suas próprias inferências e tire suas próprias conclusões. Trata-se de um texto aberto às mais variadas “viagens” mentais.



Torres Matrice

03/09/2011

A Traição da Imagem - Isto não é um cachimbo - Homenagem a René Magritte e a todos que gostam de artes plásticas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...